28 de mai. de 2019


[Resenha] Piloto Playboy - Penelope Ward & Vi Keeland

Ficha Técnica 

Título: Piloto Playboy
Título Original: Playboy Pilot
Autor: Penelope Ward & Vi Keeland
ISBN: 978-85-68056-87-5
Páginas: 300
Ano: 2019
Tradutor: Alline Salles
Editora: Charme
Dinheiro ou amor? Qual você escolheria? Você provavelmente acabou de responder a pergunta na sua mente pensando que é uma decisão fácil. Para mim, não é. Eu já disse que é bastante dinheiro? Muito mesmo. Eu precisava ir para longe para pensar nisso. Quando embarquei em uma viagem impulsiva, mudei o rumo ao conhecer o sexy Carter no lounge do aeroporto. Nos envolvemos em uma conversa acalorada. Depois, ele foi embora. Pensei que nunca mais fosse vê-lo. Mas o destino tinha outros planos. Surpresa! Ele era o piloto do meu voo. A surpresa maior foi a aventura que aconteceu depois que o avião pousou. Carter era perigoso e estava sempre viajando. Embora nossa conexão fosse magnética, eu sabia que era apenas temporária. Ele me dava passagens, e eu o seguia pelo mundo para lugares exóticos. Um bando de aeromoças ex dele e boatos sobre a reputação de Carter sempre estavam nos rodeando. Eu não sabia no que acreditar. Mas estava viciada. Nada mais importava. E eu ia me magoar. Porque parte de mim queria ser a garota que finalmente faria o piloto playboy se aquietar. Pelo menos, ele estava me levando para um passeio emocionante. Todas as coisas boas acabam, certo? Só que não previ como seria o nosso final.

Resenha


Este é o segundo romance que leio da parceria entre a Vi Keeland e a Penelope Ward e a história dessa vez contará com um piloto e uma herdeira.

Kendall Sparks é uma mulher que, em seus 24 anos de vida nunca teve muitos problemas. Cresceu cercada de dinheiro e sem preocupações no rancho da família no Texas, mas desde a morte do avô e a descoberta de uma herança, as coisas passaram a se complicar. Decidida a relaxar nos poucos dias que antecedem a necessidade de tomar a decisão que mudará a sua vida completamente, uma viagem é a solução perfeita. O único problema é escolher o destino dessa viagem. É assim que Kendall conhece Carter Claynes.

Carter tem 29 anos, é piloto de aviões e um pegador. Ele já se varreu a maioria das colegas de trabalho solteiras e ao ver Kendall em um restaurante no aeroporto de Miami, vai ao seu encontro em um flerte ousado. Porém, quando Kendall decide seguir seu conselho e eles acabam em uma viagem juntos, ele percebe que com ela as coisas são diferentes.
— Nós dois somos complicados. Talvez seja isso. Talvez nos vejamos um pouco um no outro. Somos dois errados que, de alguma forma, damos certo. Separados, somos miseráveis, mas, juntos... funcionamos, de algum jeito.
P. 100
Enquanto lemos o livro e seguimos na aventura que tem a narrativa alternada entre Kendall e Carter, descobrimos que essa fama de pegar sem se apegar que ele construiu é um escudo de proteção para não sofrer novamente.

Além da alternância na narrativa, a história passa por muitos lugares como Rio de Janeiro, Dubai, Amsterdã, Boca (Flórida) e Dallas (Texas), além da trilha sonora, com muitas músicas dos Beatles para nos embalar nas 300 páginas que passam rapidamente.
— Ela dizia que eu teria uma família quando estivesse pronto para parar de viajar o mundo todo em busca de algo e percebesse que o que estava procurando já estava em casa.
P. 172
Quando enfim descobrimos o segredo que Kendall carrega, a dúvida sobre qual é a decisão correta passa a nos afligir também até porque conhecer Carter é mais um item a ser levado em consideração nessa equação. Por outro lado, Carter também tem seus fantasmas para enfrentar e, quando a possibilidade deles voltarem para assombrá-lo existe, pensamos se ele conseguirá superá-los. 
Às vezes, o amor dura um instante.
Às vezes, o amor dura uma vida inteira.
Às vezes, um instante dura uma vida inteira.
O nosso durou um tempinho.
Asas duram a eternidade.
P. 221
Compre na Amazon

P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob 😉
Comentários
1
Compartilhe

Um comentário:

  1. Apesar de ter lido somente um livro com a parceria das duas autoras, fica impossível não afirmar com categoria que as letras de ambas são únicas. A gente nunca sabe onde termina e onde começa as letras de cada uma. São maravilhosas!
    Por isso, quando este novo trabalho foi lançado,já desejei demais poder conferir o enredo, que mais uma vez, apresenta um casal com passado, com marcas e isso é sempre gostoso num novo romance.
    Lerei!!!
    Beijo

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações