28 de jun. de 2019


[Resenha] O Que Aconteceu com Annie - C.J. Tudor

Ficha Técnica 

Título: O que Aconteceu com Annie
Título Original: The Taking of Annie Thorne
Autor: C. J. Tudor
ISBN: 978-85-510-0475-3
Páginas: 288
Ano: 2019
Tradutor: Flávia Rossler
Editora: Intrínseca
Quando Joe Thorne era adolescente, sua irmã mais nova desapareceu. Vinte e cinco anos depois, um e-mail anônimo o leva mais uma vez ao passado: “Eu sei o que aconteceu com sua irmã. Está acontecendo de novo.” Atolado em dívidas e bem longe do vilarejo onde cresceu, Joe precisa escapar das pessoas perigosas que estão atrás dele, mas também vê a oportunidade de resolver o que arrasta consigo há mais de duas décadas. Retornar a Arnhill parece a única opção. Mas voltar também significa abrir velhas feridas e reencontrar pessoas e lugares que ele nunca mais pensou que veria. Afinal, alguns segredos são grandes demais — e Joe não faz ideia de onde está se metendo. Neste suspense de ares sobrenaturais, o leitor é carregado por reviravoltas sombrias que o deixam na expectativa até o fim. O que Aconteceu com Annie é uma viagem ao lugar mais escuro de um passado que precisa ser esquecido.

Resenha

Anos após o desaparecimento de sua irmã, Annie, Joe Thorne recebe um e-mail anônimo que lhe diz o seguinte: “Eu sei o que aconteceu com sua irmã. Está acontecendo de novo”. Assim, não resta a Joe senão voltar a sua cidade natal, Arnhill, para tentar descobrir quem lhe enviou a mensagem, e se de fato, novos desaparecimentos estão ocorrendo na cidade.

Ao retornar à Arnhill, Joe se vê em uma situação delicada, já que os moradores da região não estão muito satisfeitos com sua presença e sua súbita curiosidade em relação ao desaparecimento de adolescentes nos últimos meses. Talvez seja por isso que Joe começa a receber ameaças de morte, sendo necessário então que ele descubra o mais rápido possível se os novos eventos tem alguma relação de fato com o desaparecimento de sua irmã 25 anos atrás. E caso tenha, ele precisará fazer de tudo para pôr um ponto final a isto.
Eles riem, um pouco nervosos. A conversa segue em frente. Foi uma boa jogada. Sou um homem bom, um homem honesto. Um homem que enfrentou uma tragédia, que carrega suas cicatrizes, mas que ainda tem algum senso de humor.
Também sou mentiroso. Não perdi minha irmã em um acidente de carro, e também não mancava naquela época.
P. 42
“O que Aconteceu com Annie” é a mais nova obra da autora C.J. Tudor, a mesma de “O Homem de Giz”. Aqui, Tudor parece trabalhar na mesma frequência do livro anterior, não restando ao leitor muitas surpresas e novidades, apesar de sua excelente escrita. Além disso, mais uma vez a história de Tudo se mostra beber bastante de obras de Stephen King, fazendo com que cedo ou tarde o leitor tenha a impressão de já ter lido aquilo anteriormente.

Alternando a narrativa entre passado e presente, o livro é narrado em terceira pessoa pelo Joe, que é uma personagem o tanto quanto diferenciada, pois ele já tem conhecimento do que aconteceu de fato com Annie, restando assim a nós, leitores, acompanharmos sua trajetória para compreender melhor o desaparecimento dela. No topo disso tudo, Joe é escrito de uma forma bem misteriosa, e as suas camadas vão se desenrolando a cada capítulo, o que é bem interessante de acompanhar.
Olhei para Annie.
– O que você está fazendo aqui, porra?
P. 197
O bom do livro é que C.J. sabe criar uma atmosfera de suspense e mistério, e devido a este artifício, a leitura além de fluir, também consegue prender o leitor. Outro ponto positivo são os capítulos curtinhos, que obviamente ajudam bastante nessa fluidez que acabei de citar. Vale ressaltar também que as personagens são interessantes e construídas de uma forma rica, mas como disse anteriormente, Joe é a principal delas. 

“O que Aconteceu com Annie” é um thriller com toques sobrenaturais, que poderá agradar a muitos. Na minha opinião, a autora poderia ter desenvolvido mais alguns pontos, principalmente nos capítulos finais do livro, pois o desfecho me pareceu muito morno, não condizendo com a construção que foi feita anteriormente. Com uma edição caprichada, que fará uma bela dupla na estante junto com “O Homem de Giz”, a nova obra de C.J. Tudor é instigante e satisfatória, mesmo com uma narrativa focada em uma zona de conforto.

P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob 😉
Comentários
1
Compartilhe

Um comentário:

  1. Preciso demais conhecer o trabalho da autora! O nome dela é um dos mais comentados nos últimos tempos, desde O Homem de Giz e agora com esse super lançamento, misturando uma pitada generosa de sobrenatural e suspense, mais ainda!!!
    As capas dos dois livros são espetaculares e com toda a certeza do mundo, lerei ambos!!!
    Beijo

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações