24 de jun de 2019


[Resenha] Onde Mora o Coração - Jill Shalvis

Ficha Técnica 

Título: Onde Mora o Coração
Título Original: The trouble with mistletoe
Autor: Jill Shalvis
ISBN: 978-85-9581-076-1
Páginas: 304
Ano: 2019
Tradutor: Fábio Alberti
Editora: Faro Editorial
Em meio a amigos e filhotinhos de seu pet shop, Willa Davis leva uma vida de enorme realização profissional. Mas falta algo: a seção de sua vida “relacionamentos amorosos” anda paralisada. E nada parece estar a caminho para mudar esse destino. Keane também anda desiludido depois de muitos desencontros. Mas após receber a tarefa de cuidar da temperamental gata de sua tia-avó, ele procura uma especialista no assunto, e o destino joga suas cartas. Ele não faz a mínima ideia de quem seja a proprietária da loja de animais, mas Willa sabe exatamente quem ele é… Alguém que no passado já partiu seu coração. E nada é fácil quando se trata de duas pessoas que se fecharam para o amor. Os amigos entram em ação. Mas tão diferentes? Tão improváveis? Será que Keane mudou? Será que Willa é capaz de perdoar?
Esta é uma história divertida sobre quais escolhas valem a pena e sobre como podemos evitar o olhar viciado que sabota as oportunidades... e, também, sobre aceitar a sorte quando ela aparece.

Resenha


Sabe aquele romance fofo? Pois foi isso que encontrei quando li Onde Mora o Coração, da Jill Shalvis. Assim que vi essa capa, fiquei com vontade de ler, por isso, assim que o recebi foi a leitura perfeita.

Willa Davis é a jovem proprietária da Companhia do Latido, um pet shop no Píer 39 em São Francisco. A infância dela não foi nada fácil, com uma mãe alcoólatra, passagens por orfanatos e toda falta de sorte que vocês possam imaginar, mas, ao contrário de muitas pessoas que passam por situações ruins, Willa dicidiu encarar a vida positivamente: construiu um negócio próprio, emprega jovens mulheres que precisam de uma segunda chance, tem amigos que são sua família, ajuda os outros o máximo que pode. Entretanto, quando o assunto é o amor, depois de vários desastres, ela desistiu dos homens, decidiu que passará um tempo sem pensar nisso, mas é justamente quando toma essa decisão que Keane Winters aparece na porta da sua loja, todo lindo e com uma caixa de transporte rosa nas mãos.

Keane é um empreendedor. Aos trinta anos é bem-sucedido no seu trabalho, tem uma empresa que compra imóveis velhos e caindo aos pedaços, restaura e os vende por pequenas fortunas. Sua vida é dedicada ao trabalho, tanto que, mesmo trabalhando com reformas de imóveis, não tem um lugar que chame exatamente de lar e quando vamos lendo Onde Mora o Coração, descobrimos o motivo: embora tenha tido uma família completa - com pai, mãe e duas irmãs - ele não parecia pertencer àquele lugar. Dessa forma, ele aprendeu a não se apegar a nada e a ninguém.
Nenhum dos dois havia recebido muito amor na vida, mas ela não se deixara abater por causa disso. Willa conseguira dar a volta por cima, reagindo e respondendo a tudo da melhor maneira que pôde.
E ele? O que havia feito? Ele havia bloqueado tudo. É verdade que havia construído uma vida, que lhe parecia sem dúvida alguma boa e decente, mas continuava fechado em sua concha. Era difícil para Keane sair dela e se libertar, mas ele queria tentar. Mesmo correndo o risco de estragar uma amizade.
P. 196
Na adolescência Keane partiu o coração de Willa, mas ao que parece - embora ela lembre de cada detalhe disso - ele não se lembra dela e para Willa isso é ainda pior do que vê-lo novamente na sua vida.

Keane procurou a Companhia do Latido porque sua tia-avó precisou deixar a gata dela com ele e isso trouxe sérias consequências para ele, o que o levou ao desesperado ato de procurar uma hospedagem para a gata. Claro que ele percebeu o quanto a proprietária do lugar era linda, tinha jeito com animais e estava decidida a não gostar dele.
— (...) Eu estou tentando resistir a você, entende? Estou tentando repetir para mim mesma que não temos nada em comum fora essa química estranha e extremamente irritante que não desaparece nem quando nós...
(...)
— (...) Mas aí você vem e me diz que leu Harry Potter. — Ela hesitou, olhando-o com ar de suspeita. — Qual livro?
— Todos eles.
Willa cobriu o rosto com as mãos e gemeu miseravelmente.
— Todos.... os... livros — ela disse pausadamente. — Eu sou uma mulher morta. Agora você acabou comigo.
— Eu leio bastante — Keane disse, tentando melhorar as suas chances. — Não só Harry Potter.
P. 184 - 185
A história que Jill traz nesse livro é ótima e a gente chega ao final das trezentas páginas sem nem perceber, de tão bom que é. Como eu escrevi antes, Keane não se lembra de Willa, mas quando percebe que ela sabe de algo que ele não e isso impede que ele se aproxime mais, ele pergunta e ela conta a história do passado em comum deles, não fica aquela enrolação, entendem? Willa e Keane vão aprendendo a compreender seus próprios sentimentos e ao outro a cada dia que se encontram e perceber quando finalmente caí a ficha do real sentimento deles é ótimo, é como se estivéssemos nos apaixonando com eles também.

Outro ponto positivo são os demais personagens. Os amigos de Willa são incríveis, assim como os funcionários de Keane, adorei eles e suas cenas sempre traziam a cumplicidade de uma amizade verdadeira: que está ao lado nos momentos bons e ruins.
— Não se trata de segundas chances, Keane. Nós somos assim. Nós dois somos muito bons em relacionamentos passageiros, verdadeiros especialistas em criar uma rota de fuga para nós mesmos.
P. 285
Esse é o primeiro livro que leio da Jill, mas, pesquisando no Skoob, descobri que tiveram alguns títulos dela lançados aqui no Brasil pela Nova Cultural (romances de banca), que agora fiquei curiosa para ler, vou procurar nos sebos. Outro detalhe que descobri no Skoob é que esse livro é o segundo da série Heartbreaker Bay, que é composta de oito livros que estou torcendo muito que a Faro publique aqui no Brasil 🤞🏾😍.

Compre na Amazon

P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob 😉



Comentários
2
Compartilhe

2 comentários:

  1. Estou precisando ler um romance assim, leve e com essa pegadinha gostosa!
    A capa dele é sensacional e um enredo que traz também isso de pet's, é fantástico!!
    É a primeira resenha que leio desde que vi a capa pela primeira vez e com certeza, já vou adicionar na lista dos desejados!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Angela, leia!
      Tenho certeza de que irá adorar. Eu terminei o livro simplesmente encantada!
      Beijão

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações