9 de jun de 2019


[Resenha] A Pequena Livraria dos Sonhos - Jenny Colgan

Ficha Técnica 

Título: A Pequena Livraria dos Sonhos
Título Original: The little shop of happy ever after
Autor: Jenny Colgan
ISBN: 978-85-8041-953-5
Páginas: 304
Ano: 2019
Tradutor: Thaís Paiva
Editora: Arqueiro
Um romance sobre importância da leitura e da literatura para diversos tipos de pessoa.
"Nina é uma leitora voraz que sonha em ter a própria lojinha de livros. Só que a vida real é um pouco mais complicada que as histórias que ela ama ler, o que ela descobre quando se muda para as lindas Terras Altas da Escócia para transformar seus sonhos em realidade… Tentei escrever o tipo de livro que adoro – convidativo, engraçado (ESPERO), com caras gatinhos (LÓGICO), mas também totalmente dedicado a nós, amantes de livros: os leitores.Venha se juntar à nossa turma!" Beijos, Jenny.
Nina Redmond é uma bibliotecária que passa os dias unindo alegremente livros e pessoas – ela sempre sabe as histórias ideais para cada leitor. Mas, quando a biblioteca pública em que trabalha fecha as portas, Nina não tem ideia do que fazer. Então, um anúncio de classificados chama sua atenção: uma van que ela pode transformar em uma livraria volante, para dirigir pela Escócia e, com o poder da literatura, transformar vidas em cada lugar por que passar. Usando toda a sua coragem e suas economias, Nina larga tudo e vai começar do zero em um vilarejo nas Terras Altas. Ali ela descobre um mundo de aventura, magia e romance, e o lugar aos poucos vai se tornando o seu lar. Um local onde, talvez, ela possa escrever seu próprio final feliz.

Resenha


A Pequena Livraria dos Sonhos é um dos três livros que integram a coleção Romances de Hoje da Editora Arqueiro e foi minha primeira experiência com a escrita da Jenny Colgan.

Nina Redmond tem 29 anos, é uma tímida bibliotecária em Birmingham e tinha certeza de que sua vida era muito boa, afinal, quantas pessoas podem trabalhar com o que amam? Quantas podem se sentir felizes em unir pessoas aos livros perfeitos para elas? O problema é que a biblioteca pública onde Nina trabalha irá fechar e alguns funcionários terão a chance de concorrer a novas vagas no centro multimídia, mas para isso ela precisará se adaptar a trabalhar com mídias e não seus amados livros. Será que ela consegue?

Nina sempre tem um livro ao alcance das mãos e muitas vezes eles se tornam uma válvula de escape, para momentos felizes ou não; se está feliz, compra um novo livro e se envolve nele, se está triste ou com algum problema, lá vai ela atrás de um livro para ajudá-la. Mas além disso, desde que foi confirmado o fechamento da biblioteca Nina tem "salvado" alguns exemplares em casa. A questão é que o pequeno apartamento que divide há quatro anos com sua amiga Surinder não aguentará mais um livro sequer sem que alguma tragédia ocorra.
— Isso é uma coisa. Mas ao ler um livro, a gente sente que está vivendo dentro dele.
— Que nem em jogo de computador?
— Não, não é que nem em um jogo de computador. Jogos são legais, mas, no fim das contas, você continua vendo as coisas na tela e apertando botões. Ler é existir na história.
P. 184
Nina não é o tipo de pessoa que lida bem com conflitos e mudanças, logo, o momento atual de sua vida a deixa inquieta, sem saber lidar com tudo que tem acontecido e, seguindo o fluxo, fará o workshop oferecido pela empresa e é lá que um sonho começa a tomar contornos reais: abrir uma pequena livraria.

É óbvio que trabalhar em um centro multimídia não é o ideal para Nina, por isso a ideia de ter uma livraria só sua vai ganhando força dentro dela, mas como não teria condição de ter um ponto fixo, logo o plano B surgiu, só precisava ter coragem de se aventurar e empregar quase toda sua rescisão comprando uma van, cujo vendedor era da Escócia e torcer para dar tudo certo.
— Você parou de ficar o tempo todo agarrada a um livro, como se fosse um bebê agarrado ao seu cobertor.
— Eu não fazia isso.
— Hum.
— Além do mais, qual é o problema de ler, hein?
— Não tem problema algum — respondeu a amiga —, como eu já falei um milhão de vezes. Mas agora parece que você enfim está fazendo as duas coisas: lendo e vivendo, lendo e vivendo. E depois de novo, e de novo.
P. 147
Uma série de fatores levam Nina à pequena Kirrinfief, onde encontrará sua van, pessoas sedentas por livros e uma chance de recomeço. Afastada do agito de Birmingham, Nina se descobre e é maravilhoso como ela percebe que pode mesclar seu amor pelos livros e viver, ao mesmo tempo que percebemos como ela romantiza muito algumas situações ao ponto de se meter em confusões, mas que também servem de aprendizado.

Os moradores de Kirrinfief têm personalidades muito diferentes uns dos outros, mas cada um a sua maneira recebem Nina muito bem, o que faz toda a diferença em sua adaptação em um lugar tão distante do que está acostumada: uma garota que sempre viveu na cidade agora vive em um chalé em uma fazenda, vendendo livros em uma van, longe de um emprego fixo com horário definido e benefícios, mas cheio de possibilidades.

A Pequena Livraria dos Sonhos é um chick-lit delicioso e indico com certeza para os amantes do gênero e já estou curiosa para ler os outros dois romances que compõem essa série: um escrito pela Jill Mansell - que eu já li dois livros - e uma da Lucy Diamond - que eu ainda não conheço.

Compre na Amazon

P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob 😉
Comentários
2
Compartilhe

2 comentários:

  1. Adoro o gênero e faço sempre questão de estar lendo algum, principalmente quando termino uma resenha de algum livro mais "pesado".
    Ainda não conheço as letras da autora, mas olha, ela conseguiu criar um cenário maravilhoso, envolvendo sonhos, livros e cidades pequenas e com pessoas acolhedoras!
    Com certeza, quero demais poder conferir o livro.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Olá, Layane! Tudo bem?

    Ah! Fiquei encantada com a sua resenha, parece ser uma história incrível! Este livro me lembrou ''A livraria dos finais felizes'', uma obra maravilhosa também, que envolve tudo o que a gente mais gosta: livros e livraria! haha. Irei, com toda certeza, adicionar na minha lista de próximas leituras!

    Beijos
    Cantinho da Escrita

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações