10 de jul. de 2019


[Resenha] A Dama Mais Desejada - Julia Quinn, Eloisa James e Connie Brockway

Ficha Técnica 

Título: A Dama Mais Desejada
Título Original: The lady most likely
Autor: Julia Quinn, Eloisa James e Connie Brockway
ISBN: 978-85-8041-951-1
Páginas: 272
Ano: 2019
Tradutor: Ana Rodrigues
Editora: Arqueiro
Três das estrelas mais brilhantes dos romances de época convidam você para uma festa na casa de campo do ilustríssimo marquês de Finchley. Hugh Dunne, o irresistível conde de Briarly, precisa de uma esposa. Para ajudá-lo, sua irmã convida as mais elegantes damas da sociedade, assim como alguns cavalheiros, para uma festa em sua propriedade. A reunião inclui a incrivelmente bela (e dolorosamente tímida) Gwendolyn Passmore, a sincera e adorável Katherine Peyton e a viúva lady Georgina Sorrell, além de alguns condes e até um arrojado herói de guerra. Durante o evento, que promete ser o grande acontecimento da temporada, Hugh terá tempo suficiente para eleger a dama que mais deseja. A não ser que outro cavalheiro seja mais rápido. Nesse caso, quem sabe ele acabe cortejando uma moça que definitivamente não está no mercado casamenteiro, e que vai exigir uma boa dose de perseverança...

Resenha


Escrito por três autoras, sendo que duas delas já são bem conhecidas dos leitores dos romances de época aqui no Brasil, A Dama Mais Desejada traz mais um romance para nos envolver.

Hugh Theodore Dunne é o conde de Briarly, o mais velho de cinco filhos e o único homem da família, ou seja, aos 28 anos, percebeu que está na hora de se casar e produzir um herdeiro, mas como essa não é sua especialidade, pediu ajuda para sua irmã Carolyn - a mais velha dentre suas irmãs - para fazer uma lista com possíveis candidatas à se tornar a futura condessa de Briarly.

A verdade é que Hugh não pensava em casamento, seu foco sempre foram os cavalos que sempre amou e treinou, mas, durante o treinamento de seu atual cavalo árabe, foi derrubado e ficou em coma por uma semana, e esse fato trouxe à luz que sua responsabilidade como conde - produzir um herdeiro - não seria cumprida com sua morte e o título passaria para um primo de terceiro grau que nem ele nem seus parentes mais próximos suportam.
— Quero a melhor esposa disponível no mercado de casamentos — explicou Hugh prontamente. — Sei que você não gosta da comparação, mas não me parece assim tão diferente de comprar um cavalo. Sempre há um potro que todos acham que vai gerar um campeão.
P. 17
Depois de debochar muito da cara do irmão por enfim decidir se casar, Carolyn decide promover uma pequena reunião no campo com damas que ela acredita  que seriam boas esposas para seu irmão. Como já estava deixando Londres com o marido - Piers, o marquês de Finchley - por conta do final da temporada social e indo para sua Mansão Finchley, em Yorkshire Dales, essa era a ocasião perfeita.

Embora a tal lista tenha apenas os nomes de lady Gwendolyn Passmore e lady Katherine Peyton, Carolyn convidou sua melhor amiga, lady Georgina Sorrell - quem ela tem como irmã e por amar muito queria que ela deixasse a viuvez de lado e se casasse novamente - e também convidou outras damas e cavalheiros para a reunião.

Ainda que tenha tomado a decisão de se casar, Hugh não facilita em nada a vida da irmã em achar uma esposa para ele, afinal, sabendo que passaria pelo menos duas semanas na casa da irmã, ele levou o cavalo que estava treinando para não interromper o treinamento e passava horas nos estábulos, sempre chegava atrasado nas refeições e, além de não ter muito traquejo social, não faz a menor esforço para remediar a situação.
Carolyn não achava que estaria se gabando se dissesse que seus planos em geral saíam exatamente como desejava. Não era possível administrar as três casas do marquesado de Finchley e não se tornar uma especialista em organizar pessoas e coisas. Mas naquele momento estava se vendo presa de uma emoção nova, bem frustrante.
P. 101
Enquanto a semana passa com diversos eventos promovidos pela anfitriã para envolver seus convidados e, principalmente, para ajudar Hugh a escolher a dama certa, vamos conhecendo um pouco mais sobre ele, Gwen, Kate, Georgie, Carol, Piers e alguns outros cavalheiros que irão arrebatar as candidatas da lista uma a uma.
Ele havia perdido a primeira dama de sua lista para o melhor amigo, e a segunda, para o capitão Oakes. Deveria estar ao lado da irmã, implorando a ela pelo nome da terceira candidata. Mas Hugh não chegara à mesa antes de cinco minutos depois do gongo em nenhum dia da última semana.
P. 182
Mesmo nos sendo apresentado como uma história única, fica clara a divisão e mais parece que são três contos com os mesmos personagens e Hugh me pareceu uma pessoa diferente em cada um deles. Sinceramente gostei mais quando Julia escreveu com outras autoras os livros Lady Whistledown Contra-AtacaNada Escapa a Lady Wistledown porque foram histórias diferentes, escritas por cada uma das autoras e aqui foi forçado e para mim não funcionou. Prefiro ver como contos para aproveitar melhor a história.

Compre na Amazon

P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob 😉
Comentários
4
Compartilhe

4 comentários:

  1. Três grandes nomes dos romances de época e mesmo não conhecendo as letras da autora Connie, penso que livros assim não tem como serem ruins..rs
    Caramba, amo contos e com essa pegadinha de romance de época na melhor forma e com bom humor? Melhor ainda!!!
    Capa maravilhosa e com certeza, quero muito conferir!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não conhecia a escrita da Connie, Angela e gostei do que li. Mas acho que não foi uma história coesa, entende, para mim foram contos com os mesmos personagens.

      Excluir
  2. Ola
    E a primeira resenha que leio desse romance e sinceramente eu esperava que fosse agradar mais
    Mas mesmo assim e porque gosto muito de romance histórico eu pretendo ler sim
    Parabéns pela resenha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo, Eliane. Também sou dessas, sempre leio quando é um livro do gênero que gosto.
      Beijos e obrigada pela visita!

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações