19 de ago. de 2019


[Resenha] Ano Um - Nora Roberts

Ficha Técnica 

Título: Ano Um
Título Original: Year One
Autor: Nora Roberts
ISBN: 978-85-8041-969-6
Páginas: 400
Ano: 2019
Tradutor: Simone Reisner
Editora: Arqueiro
Tudo começa na noite de Ano-Novo. A doença se alastra rapidamente. Em questão de semanas, a rede elétrica para de funcionar, as leis e o sistema de governo entram em colapso e mais da metade da população mundial é dizimada. Onde existia ordem, agora só há caos. E conforme o poder da ciência e da tecnologia diminuíam, a magia crescia e tomava o seu lugar. Uma parte dessa magia é boa, como a feitiçaria praticada por Lana Bingham no apartamento que divide com o amante, Max. Outra parte dela, no entanto, é inimaginavelmente maligna, e pode se esconder em qualquer canto, numa esquina, nos fétidos túneis sob o rio ou dentro daqueles que você mais ama e conhece…
 Espalham-se rumores de que nem os imunes nem os dotados estão a salvo das autoridades que patrulham as ruas devastadas, então Lana e Max resolvem deixar Nova Iorque. Outros viajantes também seguem esperançosos para o oeste: Chuck, um gênio da tecnologia que mantém o bom humor em um mundo off-line; Arlys, uma jornalista que insiste em buscar e registrar a verdade; Fredinha, uma jovem com um otimismo que parece fora do lugar nessa paisagem desoladora; Rachel e Jonah, médica e paramédico, determinados a proteger uma jovem mãe e seus três bebês recém-nascidos. Em um mundo em que cada estranho no caminho pode representar a morte ou a salvação, nenhum deles sabe o que encontrarão. Porém, um novo horizonte os aguarda, a concretização de uma profecia ancestral que transformará a vida de todos os sobreviventes. O fim chegou. O início é o que vem agora.

Resenha


Ano Um inicia a trilogia distópica Crônicas da Escolhida e foi uma história bem diferente do que já li da Nora Roberts.

Em uma noite de ano novo, quando todos estavam comemorando e fazendo votos de um ano próspero, uma doença misteriosa se alastrou rapidamente pelo mundo e, em poucas semanas, matou milhões de pessoas. A doença, denominada Catástrofe, matava as pessoas em poucos dias e, devido a rapidez como ela se propagava, os cientistas não conseguiam identificar sua origem, a forma de transmissão e o principal, não conseguiam achar uma cura.
A Catástrofe espalhava seu veneno com extrema rapidez, enquanto as magias, tanto a luz quanto a escuridão, se levantavam para preencher o vazio deixado pela morte.
O que restaria ao fim de tudo?
P. 53
Claro que a ideia de uma doença grave, rápida e 100% letal para quem era infectado criou outros problemas: a infraestrutura da sociedade entrou em colapso. Governos, leis, transportes e meios de comunicação ruíram, ou seja, o caos estava instalado e a onda de violência ganhou proporções ainda maiores quando nessa mesma confusão em que estava o mundo sobrevivente, algumas pessoas "sofreram mutações", descobrindo-se seres que até então existiam apenas nos livros de ficção: fadas, elfos, videntes, magos e tantos outros.

Nora nos apresenta alguns personagens que tentarão sobreviver nesse novo mundo, pessoas comuns, outras que já possuíam o dom da magia e outras que foram despertadas depois da Catástrofe. Ao longo das quatro partes que dividem a história, veremos os caminhos de Lana Bingham, Max Fallon, Eddie Clawson, Arlys Reid, Chuck, Fredinha, Rachel Hopman, Jonah Vorhies e Katie MacLeod Parsoni nessa nova realidade e buscando reerguer a sociedade com o que restou, reaprendendo desde atividades básicas, como plantar para obter alimento, até as mais complexas, como conseguir ter eletricidade e internet para se comunicar com outros sobreviventes e entender qual a realidade em outros locais do mundo.
— Na minha maneira de ver, o maior problema que tivemos, desde o início, foram pessoas que apontavam o dedo, e armas, para os que simplesmente não eram como elas. Devíamos tentar melhorar desta vez. Pode ser nossa última chance de fazer as coisas certas.
P. 373
No início do livro fiquei confusa em alguns momentos com a quantidade de personagens e de situações ocorrendo ao mesmo tempo, mas logo a história me prendeu e mostrou como foi fácil a doença se propagar, como rapidamente a sociedade ruiu, levando parte do que sobrou do mundo ao fanatismo religioso, perseguições às pessoas com dons - os Incomuns. Enquanto alguns focam em reconstruir a vida, outros pensam apenas em mais violência e destruição.

Sendo o início da trilogia, Nora ambientou e nos preparou para o que virá nos próximos livros e já fiquei curiosa para saber como a história irá se desenrolar.
"... Acredito que, entre aqueles que denominamos Incomuns, há luz e escuridão, da mesma maneira que há luz e escuridão em todos nós."
P. 105
Compre na Amazon

P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob 😉
Comentários
3
Compartilhe

3 comentários:

  1. Ainda fico surpresa com a quantidade de livros que a autora nos apresenta e isso oh, em diversas vertentes da literatura(sendo majestosa em todos)
    Este primeiro livro foi e é muito elogiado e eu não vejo a hora de poder conferir.
    Além de ambientar o leitor no cenário que está por vir, trazendo isso do vírus, dos sobreviventes diferentes e da magia, ela ainda junta tudo numa saladinha gostosa.
    Espero ler a obra em breve.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Sendo muito fã da autora fiquei surpresa com mais essa ousado dela e estava esperando muito resenhas desse livro e a sua foi a segunda que leio e ambas positivas mesmo em alguns momentos o enredo se mostrar confuso o que vejo e que o saldo final foi positivo e já está na minha lista de leitura

    ResponderExcluir
  3. sempre tive curiosidade me ler alguma coisa dessa autora, ainda mais sendo uma distopia fiquei ainda mais interessada

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações