11 de set de 2019


[Resenha] Príncipe Caspian - C.S. Lewis

Ficha Técnica 

Título: Príncipe Caspian
Título Original: Prince Caspian
Autor: C.S. Lewis
Ilustrações: Pauline Baynes
ISBN: 978-85-469-0195-1
Páginas: 216
Ano: 2017
Tradutor: Paulo Mendes Campos
Editora: WMF Martins Fontes
Tempos difíceis abateram-se sobre a terra encantada de Nárnia. Os dias de paz e liberdade, em que os animais, anões, árvores e flores viviam em absoluta paz e harmonia, estavam terminados. A guerra civil dividia o reino, e a destruição final estava próxima. O príncipe Cáspian, herdeiro legítimo do trono, decide trazer de volta o glorioso passado de Nárnia. Soprando sua trompa mágica, ele convoca Pedro, Suzana, Edmundo e Lúcia para ajudá-lo em sua difícil tarefa.





Resenha


Continuando com o objetivo de reler a série As Crônicas de Nárnia em ordem cronológica, cheguei ao quarto livro, Príncipe Caspian. Nesse livro Nárnia é governada pelo tirano Miraz, príncipe regente que assumiu a função em nome do sobrinho, Caspian. Porém, com o nascimento do seu filho, ele precisa que Caspian desapareça e o trono seja de fato seu.

Com a ajuda de seu tutor, Caspian descobrirá o plano do tio e conseguirá fugir para as longínquas terras que, de acordo com as lendas, foram morada dos grandes reis da era de ouro de Nárnia, em Cair Paravel.

Enquanto centenas de anos se passam desde que Pedro, Edmundo, Susana e Lúcia voltaram para a Inglaterra, para eles apenas um ano se passou, mas, ao serem chamados pela trompa de Susana, viram que muita coisa mudou. Em primeiro lugar, como eles reinaram há muito tempo, muitos não acreditam que eles ou mesmo Aslam tenham existido, pensam que não passam de lendas que não devem sequer ser repetidas. Em segundo, muitos animais falantes deixaram de existir, assim como os espíritos das árvores, rios e lagos hibernaram em suas formas básicas. A verdade é que os narnianos precisaram se esconder para sobreviver.
— Não seria medonho se um dia, no nosso mundo, os homens se transformassem por dentro em animais ferozes, como os daqui, e continuassem por fora parecendo homens, e a gente assim nunca soubesse distinguir uns dos outros?
P. 120
A invasão telmarina fez com que os verdadeiros narnianos tivessem que se esconder, mas agora Caspian, os narnianos remanescentes, Pedro, Edmundo, Susana e Lúcia irão à luta para tirar o usurpador do trono e devolver à Nárnia a glória do passado.

Esse livro é repleto de aventuras do início ao fim e também apresenta novos personagens como o rato Ripchip e o texugo Caça-Trufas, que eu amei. Além disso, reencontrar os irmãos Pevensie foi ótimo, ver que amadureceram e que ao retornarem à Nárnia, recuperaram o ar majestoso que tiveram no passado. E o que dizer de Aslam? Como sempre incrível, dando a oportunidade de ser encontrado não apenas pelos irmãos, mas por todos que ainda acreditam nele.
— Oh, Aslam, acha que eu errei? Como  é que eu... podia deixar os outros e vir sozinha encontrar-me com você? Não olhe para mim desse jeito... bem... de fato... talvez eu pudesse. Sei que com você não estaria sozinha. Mas ia adiantar alguma coisa?
Aslam não respondeu.
— Mesmo assim teria sido melhor? — perguntou Lúcia, com a voz sumida. — Mas como? Aslam, por favor, diga-me.
P. 138
Se você já leu as resenhas de O Sobrinho do MagoO Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa e O Cavalo e seu Menino ou mesmo já tenha lido os livros da série sabe da referência que C.S. Lewis faz à Bíblia e se repetirá em todos os livros. Aqui, mostra como muitos narnianos se afastaram de Aslam e como os telmarinos sequer acreditavam na existência dele.

Mais uma vez a mensagem que C.S. Lewis passa é brilhante através de sua fantasia e deixa sempre o gostinho de quero-mais. Então, que venha A Viagem do Peregrino da Alvorada.

sabe que já mencionei que C.S. Lewis que nos leva a uma en

Compre na Amazon

P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob. 😉
Comentários
2
Compartilhe

2 comentários:

  1. ola
    não sou muito de ler esse genero
    o unico que li foi o primeiro livro de HARRY POTTER mas depois não li mais nada
    TENHO tanta coisa para ler ver algumas series que tenho que priorizar o que me realmente eu goste
    mas quem sabe um dia eu me arrisque não é mesmo?

    ResponderExcluir
  2. Lay!
    Nossa! Li há alguns anos, mas fico sempre relembrando algumas passagens.
    Muito bem escrito e nos transporta para dentro da história.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações