18 de nov. de 2019


[Resenha] Me Encontre - André Aciman

Ficha Técnica 

Título: Me Encontre
Título Original: Find me
Autor: André Aciman
ISBN: 978-85-510-0582-8
Páginas: 272
Ano: 2019
Tradutor: Alessandra Esteche
Editora: Intrínseca
Os personagens emblemáticos de Me Chame Pelo Seu Nome, Elio, Oliver e Samuel, voltam no aguardado romance inédito de Aciman. Samuel está a caminho de Roma para encontrar seu filho, Elio, agora um pianista renomado. O acaso, no entanto, se encarrega de adiar a reunião familiar e faz com que Samuel desembarque na cidade eterna acompanhado de um novo amor e cheio de planos para novas temporadas em sua casa de veraneio. Elio logo se muda para Paris, onde vive mais um romance, enquanto Oliver, agora pai de família e professor na Nova Inglaterra, nos Estados Unidos, cogita enfim cruzar de novo o Atlântico. O que o move inesperadamente são os primeiros acordes de uma música que o transporta no tempo para dias de idílio na Itália. Nesta retomada fascinante e tão aguardada da jornada de Elio e Oliver, André Aciman revisita seus personagens com a mesma delicadeza e pungência de Me Chame Pelo Seu Nome, trazendo-nos de volta ao relato do que há de mais perene em matéria de sentimento. Dos detalhes íntimos às nuances emocionais, Me Encontre nos mostra do que é feita a substância da paixão e nos pergunta se, de fato, um amor verdadeiro pode perecer.

Resenha

Não são os piores cenários? Imaginar as coisas que poderiam ter acontecido e nunca aconteceram, mas que talvez ainda tenham chance mesmo que já tenhamos desistido de esperar?
P. 25
Eu lembro de ficar em êxtase quando descobri que Me chame pelo seu nome (Call me by your name, ou CMBYN pros íntimos) ia ter uma continuação. O livro é um dos meus romances favoritos, minha cópia é cheia de post its marcando minhas frases favoritas. Já assisti ao filme sozinha e com amigos e cada vez a história de Elio e Oliver ressoa em mim de uma forma diferente. Muita gente também se apaixonou pelos dois (e muita gente nunca mais vai ver um pêssego da mesma forma) e vai ficar feliz em saber que a história continua.

Me Encontre provavelmente surgiu dos inúmeros questionamentos que o André Aciman recebia sobre o que tinha acontecido com os rapazes depois do primeiro livro. Elio e Oliver, que se conheceram num verão no interior da Itália e que não tiveram o melhor dos começos, mas que se apaixonaram de forma linda. Neste livro, a trajetória deles tem um desfecho, tão esperado e até mais poético do que eu imaginava.

O começo de Me Encontre não é fácil. O livro é dividido em quatro partes, cada uma do ponto de vista de um personagem (Sami, Elio, Oliver e Elio de novo), em momentos diferentes de suas vidas, anos depois do fim de CMBYN, movidos por paixão e desejo. É difícil ler toda a história de Sami, tendo em mente toda a antecipação pelo reencontro do casal principal. Ao mesmo tempo, é uma história bonita, suave. Um retrato de um personagem tão querido e que mostra que as coisas podem dar certo mesmo quando dão errado.

Cada uma das histórias acrescenta algo na trajetória dos personagens e ajuda a construir não só a linha do tempo mas um retrato emocional de quem essas pessoas são e o que elas precisam resolver antes de se encontrarem. O mais importante aqui é lembrar que esse não é um livro só sobre o reencontro de Elio e Oliver mas sobre o que aconteceu com eles nos anos anteriores, sobre as pessoas que eles se tornaram e como o tempo afetou sua relação.

André Aciman continua escrevendo de forma bela, cheia de paixão e sem pudores. Seu forte, o jeito de descrever sentimentos, é muito bem explorado neste livro, cujo único defeito é ser curto demais. (Eu queria que a última parte tivesse o dobro do tamanho, pelo menos.)

Compre na Amazon

P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob. 😉
Comentários
2
Compartilhe

2 comentários:

  1. Ah meu Deus!!!Me Chame Pelo Seu Nome foi uma das leituras mais lindas que já fiz e não vejo a hora de poder conferir o que acontece com esse casal tão diferente e tão, lindos?
    O filme também é maravilhoso e depois dessa resenha, claro que já quero a obra o quanto antes!!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  2. gente, eu nao sabia que CMBYN teria uma continuação! eu amei o filme,faz tempo que to curiosa pra ler o livro e tbm já quero ler essa continuação

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações