4 de nov. de 2019


[Resenha] Onde Mora o Amor - Jill Mansell

Ficha Técnica 

Título: Onde Mora o Amor
Título Original: Don't Want to Miss a Thing
Autor: Jill Mansell
ISBN: 978-85-306-0018-1
Páginas: 368
Ano: 2019
Tradutor: Regiane Winarski
Editora: Arqueiro
Dexter Yates adora sua vida despreocupada em Londres. Além de lindo e rico, mora em um apartamento chique e está sempre acompanhado de belas mulheres. Mas tudo se transforma da noite para o dia quando a irmã morre, deixando a pequena Delphi, de apenas oito meses. Sem a menor ideia de como cuidar sozinho de um bebê, ele resolve se afastar da correria da cidade grande e se muda para sua casa em Briarwood. Dex não está acostumado ao ambiente intimista do vilarejo, em que todo mundo se conhece e todas as histórias se entrelaçam. Os moradores o recebem de braços abertos, sobretudo sua vizinha de porta, a talentosa quadrinista Molly, que se oferece para ajudar com Delphi. Ela tem um passado amoroso catastrófico e muita cautela, mas nasce entre os dois uma inegável conexão. Se Dex vai conseguir se adaptar a essa nova vida e encontrar o amor de verdade, ele primeiro terá muito a aprender: sobre Molly, sobre Delphi, sobre os segredos dos outros e, principalmente, sobre si mesmo.

Resenha


Onde Mora o Amor é a afirmativa que nomeia esse chick-lit fofo da Jill Mansell e que integra a coleção Romances de Hoje da Editora Arqueiro. Um livro que deixa nosso coração quentinho e feliz com as histórias que traz. Sim, teremos várias histórias ao longo dos capítulos.

Dexter Yates tem uma vida glamourosa em Londres: trabalha muito, ganha bastante dinheiro, frequenta as melhores festas e sempre tem uma companhia feminina linda ao seu lado. A família de Dex se resume a irmã mais velha, Laura, e sua sobrinha de 8 meses, Delphi, mas, mesmo sendo apaixonado pelas duas e morando na mesma cidade, ele não está sempre próximo delas. Até que a vida lhe dá uma rasteira: Laura morreu repentinamente e, por conta de um documento que assinou pelo simples fato de que acreditou que nunca algo aconteceria com a irmã, Dex é o novo guardião de Delphi.

Claro que uma notícia dessa pega qualquer um de surpresa, ainda mais que o fato de Laura ser sua irmã mais velha com uma diferença de 12 anos e eles serem órfãos, ela meio que foi uma segunda mãe para Dex. Além disso, ele gosta de curtir a vida, como cuidaria de um bebê? Ele não seria capaz de algo desse tamanho. Por isso, em choque, ele viaja até Briarwood, uma pequena cidade do interior onde comprou um chalé meses atrás para passar alguns feriados longe da agitação londrina e reencontra sua vizinha, Molly Hayes, que lhe dará apoio nesse momento conturbado.
— Você diz isso agora. — A voz de Molly se suavizou. — Mas ela é um ser humano. É diferente. Você perde a chave do carro e o celular porque eles não são a coisa mais importante do mundo. Você não os ama com todo o coração. Todo mundo entra em pânico quando descobre que vai virar mãe ou pai. É normal estar apavorado com a ideia de ser responsável por uma bebê. Mas, porque você a ama incondicionalmente, vai fazer o que for necessário para que ela fique bem.
P. 56-57 
De volta a Londres, Dex percebe que ele precisa cuidar de Delphi, que deixá-la com uma família acolhedora não seria o que Laura desejaria para sua filha. Assim, com essa nova decisão ele passa por várias entrevistas até ser oficialmente nomeado guardião da pequena e decide que o melhor para os dois nesse momento é se mudarem para Briarwood, onde poderão recomeçar suas vidas.

Molly é uma desenhista profissional e tem uma tirinha diária de sucesso que aparece em dezenas de jornais no mundo todo, mas como seu trabalho não rende muito dinheiro, ela dá aulas de desenho no Café da Frankie uma vez por semana para complementar a renda. Depois dos seus últimos fracassos amorosos, está focada em trabalhar e nada mais e, mesmo conhecendo seu novo vizinho lindo, está decidida a se manter afastada dele, para não se tornar mais uma conquista em sua lista.

Na cidadezinha também conheceremos outros personagens interessantes como a perfeita família de Frankie, cujo casamento com Joe é invejado por muitos pelo amor que demonstram. A filha deles, Amber, também é um doce, uma adolescente que ama os pais e é super dedicada aos estudos.  Será que tudo isso é verdade? Também precisamos falar de Lois, a atendente do pub local, que, embora pareça bastante atrevida, utiliza isso como escudo para evitar possíveis desilusões amorosas.
Seus sentimentos por Dex talvez tivessem mudado... ou melhor, tinham mudado, estavam praticamente descontrolados, mas não havia nada que pudesse fazer.
P. 329
Enquanto o tempo passa e vemos a evolução de Dex como guardião de Delphi, também vemos outro lado dele, não mais aquele mulherengo incorrigível e os demais personagens da história também descobrindo alguns segredos e principalmente, Onde Mora o Amor.

As diversas histórias de amor que a Jill traz nos mostra como precisamos estar dispostos a amar para encontrar o amor. Que nem sempre as coisas são o que parecem e que não devemos perder muito tempo. Portanto - e esse recado é muito para mim também - não deixe as oportunidades passarem: se gostam de alguém, digam isso; se querem algo, vão em busca, porque muitas vezes deixamos para depois e pode ser que não haja outra chance no futuro.
— Olhe para mim, estou tremendo.
— É porque está com medo? — Dex segurou e fechou os dedos em volta dos dela. — Também estou. Nunca senti isso antes. Eu te amo, Molly. — A voz dele falhou de emoção. — E, só para você saber, eu nunca disse isso para ninguém antes. Porque nunca senti isso. Só pela Delphi — consertou. — Mas você... estar com você... é completamente diferente.
P. 354
Como escrevi lá no começo, terminei o livro com um sentimento gostoso que os chick-lits conseguem despertar em mim e por isso gosto tanto desse gênero.

Compre na Amazon

P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob. 😉
Comentários
2
Compartilhe

2 comentários:

  1. oi tudo bem?
    ainda não tive a oportunidade de ler esses romances que a arqueiro vem lançados
    espero poder ler em breve
    OTIMA resenha

    ResponderExcluir
  2. Essa coleção de Romances de Hoje da Arqueiro vem quebrando a gente inteirinha por dentro.
    Um livro mais lindo que o outro e não falo só em matéria de capa não, mas em enredo também!
    Adorei a premissa do livro, pois além de trazer um romance fofo, traz também uma criança, uma perda e um recomeçar de uma forma totalmente diferente!
    Já quero!!!
    Beijo

    Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações