10 de fev. de 2020


[Resenha] Descender: Estrelas de Lata - Jeff Lemire e Dustin Nguyen

Ficha Técnica 

Título: Descender: Estrelas de Lata
Título Original: Descender: tin stars
Autor: Jeff Lemire e Dustin Nguyen
ISBN: 978-85-510-0579-8
Páginas: 144
Ano: 2019
Tradutor: Fernando Scheibe
Editora: Intrínseca
A parceria entre os conceituados Jeff Lemire e Dustin Nguyen, dois dos nomes mais célebres dos quadrinhos, resultou em uma graphic novel incomparável, uma odisseia cósmica eletrizante e soturna que trata de temas complexos, como intolerância, medo, política e a relação muitas vezes conflituosa entre humanos e tecnologia. O primeiro volume, Descender: Estrelas de Lata, reúne os fascículos 1 a 6 da série e nos apresenta a uma realidade desconcertante: robôs gigantes conhecidos como Ceifadores invadiram a galáxia e destruíram planetas e civilizações inteiras, criando nos que restaram uma aversão às máquinas. Desde então, foram implementadas políticas de perseguição e extermínio de robôs. Essa caça implacável põe em risco a vida de Tim-21, um jovem androide de aparência humana que passou uma década num sono profundo, mas que pode conter em seu código vestígios dos assassinos do passado, o que faz dele o ser mais procurado do universo. Por isso, só resta a Tim-21 fugir. Ao lado dos amigos Bandit e Perfurador, ele percorre planetas e galáxias, desviando de inimagináveis perigos com um único objetivo: sobreviver. Dos vencedores do Eisner Awards, este épico arrebatador e comovente, de cores intensas e vibrantes, narra a trajetória de humanos e máquinas, que ficam frente a frente em uma guerra que traz uma única certeza: não haverá vencedores. Uma história tão impactante que, antes mesmo de ser publicada nos Estados Unidos, teve os direitos de adaptação para o cinema adquiridos pela Sony Pictures.

Resenha

— Porque eles têm medo de nós, Tim-21. Porque se sentiram feridos e precisavam ferir para descontar a dor. Porque são humanos.
ERAZ-435 
Dez anos atrás, robôs gigantes chamados de Ceifadores apareceram sobre os planetas e causaram imensa destruição. Isso causou uma grande paranoia anti robôs, com androides sendo destruídos num grande massacre. Até hoje os cientistas tentam entender o que eram aquelas máquinas e se elas vão voltar.

Depois de dez anos desativado, o robô de companhia chamado Tim-21 desperta e precisa encontrar sua família num planeta que parece ter sido destruído por um vazamento de gás. Mas ele precisa escapar dos sucateiros que pretendem vendê-lo e que descobriram que o código de Tim-21 tem relação com o dos Ceifadores.

Descender: Estrelas de Lata é a ficção científica pelos olhos de uma criança. Uma história sobre ciência e a busca pela verdade contada do ponto de vista de um robozinho cheio de empatia. Tim-21 foi programado para se relacionar com humanos (como o androide de A.I. - Inteligência Artificial) e ser companhia para uma criança. É incomum que o herói de uma história de ficção científica seja um robô que não sabe lutar e cujas características mais marcantes sejam carisma e empatia.

Em vários momentos, há a impressão de que os robôs são uma metáfora para grupos marginalizados, que são massacrados ao menor sinal de desconfiança. É um recurso comum a autores do gênero, o de usar elementos fantasiosos para criar uma reflexão sobre a sociedade atual.

O quadrinho tem uma história cativante e arte muito bonita, principalmente nas cenas de flashback, que são pintadas em tons de sépia. As ilustrações parecem todas feitas em aquarela e são muito atraentes, apesar do clichê de "mocinhos bonitos e vilões feios".

Descender: Estrelas de Lata é uma ótima pedida para fãs de ficção científica, para quem gosta de Isaac Asimov, robótica e aventuras espaciais.
Compre na Amazon

P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob. 😉
Comentários
2
Compartilhe

2 comentários:

  1. Fico encantada de ver como as Graphic's tem dominado a vida de muitos de nós, leitores. Apesar de ainda não ter muito acesso a elas, procuro sempre estar acompanhando tudo que vai saindo e não vejo a hora de conferir essa.
    Tá, ficção científica não é meu forte, mas...todo o restante do universo, sim!rs
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  2. Que fofura de livro!
    Nunca tinha ouvido falar nele, parece ser tão legal e só isso de páginas? :/
    Acredito que esse não deixarei passar haha amo livros de ficção cientifica!
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos. Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações