17 de fev. de 2020


[Resenha] A Distância Entre Nós - A.S. Teague

Ficha Técnica 

Título: A Distância Entre Nós
Título Original: The Bars Between Us
Autor: A.S. Teague
ISBN: B07ZS4BLCB
Páginas: 335
Ano: 2019
Tradutor: Bianca Carvalho
Editora: Cherish Books
Eu não tenho nada em comum com a linda garota sofisticada que entra no meu bar; ela é do tipo que curte carros elegantes e sapatos de grife. Eu tenho uma mãe bêbada, um pai traiçoeiro e a reputação de ser um encrenqueiro, que eu obviamente mereci. Olho para o outro lado, fingindo que não percebo o quanto é perfeita. Ela não me daria uma chance, de qualquer maneira. Até o momento em que esta primeira impressão é destruída, e eu percebo que ela muito mais do que eu tinha imaginado... Mais do que eu mereceria em uma mulher. Depois de uma vida de decepções, quero lhe provar que sou melhor do que o meu passado. Nós temos apenas uma tragédia em comum, e o fio que nos une é o mesmo que acabará nos separando, à medida que se desenrola. Seremos fortes o suficiente para superarmos a distância entre nós?

Resenha


A Distância Entre Nós é meu primeiro contato com a escrita da A.S. Teague, mais uma aposta da Cherish Books.

Grace Monroe teve uma infância feliz ao lado dos pais e os momentos que mais gostava eram os domingos em que passeava de carro com o pai pela costa de Beaufort. Mas a morte repentina do pai levou ela e a mãe a deixar a cidade. Assim, durante os últimos anos Grace viveu em Columbia, na casa dos avós. Lá era completamente diferente da realidade que tinham, embora agora houvesse dinheiro e bem menos restrições quanto ao que vestia e comia, haviam muitas regras a serem seguidas e as exigências da avó quando sua aparência e etiqueta eram altas.

Atualmente a família de Grace se resume a avó e a relação, que já era complicada, só piorou quando a senhora foi diagnosticada com Alzheimer, mas mesmo assim Grace decide que está na hora de buscar o seu caminho e nada melhor do que um trabalho que a levará de volta a Beaufort, onde sente que é realmente o seu lar.

Ao chegar na cidade, quando resolve para para uma refeição tardia antes de ir para a casa que alugou, Grace conhece o barman mais mau humorado que já viu - não que ela tenha sido muito cordial também.

Bronnson Williams é um filho legítimo de Beaufort, nascido e criado na pequena cidade, ele carrega o peso da história dos pais e de seu próprio passado. Todo mundo na cidade sabe que ele é fruto de uma pulada de cerca do pai e que por isso cresceu com a mãe - alcoólatra - que não estava nem um pouco interessada nele. O pai, por sua vez, dava atenção esporadicamente, mas tendo a mãe como referência de carinho, Bronn o idolatrava, assim, quando o pai foi assassinado, tudo piorou drasticamente para ele. Depois disso, Bronn se envolveu cada vez mais com várias coisas erradas: bebidas, drogas e muitas brigas.

Embora nos últimos tempos tenha melhorado um pouco, a mudança acontecerá mesmo quando ele conhece Grace, uma mulher que a princípio é completamente fora de sua realidade, mas a atração entre eles fala mais alto.
Passei a sentir coisas, desde que conheci Grace Monroe, que não sentia há muito tempo. Ou nunca, se fosse realmente honesto.
Posição 24%
O envolvimento deles é rápido e a mudança em Bronn é visível para todos que estão a sua volta, principalmente para Dani, sua meia-irmã mais velha, uma incentivadora constante dele. Quanto mais o tempo passa, mais eles percebem que existem mais semelhanças do que diferenças entre eles, mas é claro que um romance não estaria completo sem um pouco de drama, não é mesmo?! E esse aqui é bem complicado, viu?!

Enfim, sem soltar spoiler, o que me incomodou na história foi a rapidez do envolvimento do casal, que para mim não teve embasamento. Quem me acompanha aqui no blog sabe que isso me incomoda, e o problema não é ser rápido, mas se tiver embasamento e contexto, tudo bem, mas não senti isso com esse casal, o que me deixou triste. A história como um todo é interessante, mas não me conquistou. Quem sabe um próximo livro dela, não é mesmo?

Compre na Amazon

P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob. 😉
Comentários
1
Compartilhe

Um comentário:

  1. Eu ando adorando ver os lançamentos da Editora. Sou uma romântica incurável e fico sempre torcendo para que tudo fique bem, mas isso do desenvolvimento rápido do casal também costuma me incomodar demais.
    Sei lá, sou do flerte, da paquera, do ir conhecendo e se envolvendo aos poucos.
    Mas mesmo assim, não me nego a ler o livro de jeito nenhum e com certeza, se puder, lerei!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos. Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações