19 de mar. de 2020


[Resenha] O Amor não é Óbvio - Elayne Baeta

Ficha Técnica 

Título: O Amor não é Óbvio
Autor: Elayne Baeta
ISBN: 978-85-0111-826-4
Páginas: 390
Ano: 2019
Editora: Galera Record
Íris tem 17 anos e está viciada na novela "Amor em atos". Ela e sua vizinha, Dona Símia, de 68 anos, não perdem um episódio. Na escola, parece que todo mundo só pensa em duas coisas: na festa de formatura e em perder a virgindade. Só que a vida de Íris está prestes a mudar: Cadu Sena, sua paixão platônica desde a oitava série, está solteiro. Essa é a chance de Íris. Mas antes ela precisa entender o que levou a namorada de Cadu a deixá-lo por uma garota, Édra Norr. Montada em sua bicicleta, Íris vai cruzar São Patrique para descobrir tudo sobre Édra, e não vai demorar para se enredar também nos encantos da garota. A gente sempre acha que sabe por quem vai se apaixonar, mas o amor não é óbvio.

Resenha


Eu amo Édra Norr. Cada página do livro da Elayne Baeta faz a gente se encantar mais com ela e essa é a melhor parte do livro, aquele quentinho no coração que faz a gente lembrar do primeiro amor. De quando a gente era adolescente e nossas maiores preocupações eram passar na prova e perder o BV. 

Lembro de um tweet que eu li uma vez, que defendia os clichês em romances LGBT porque até mesmo esses clichês tinham sido negados às pessoas fora do padrão. Com O amor não é óbvio nas mãos, eu só conseguia pensar no quanto a gente ainda precisa do clichê clássico e bobinho do romance de ensino médio dentro da comunidade. Principalmente de histórias sáficas, que ainda são tão pouco representadas.

O que começa com uma investigação leva a uma história cativante sobre descoberta e amor adolescente. Íris tenta entender o que levou a ex de seu crush a largar o garoto perfeito pra ficar com uma menina e acaba descobrindo tudo de lindo que existe em Édra Norr. Cada detalhezinho, desde os cabelos da nuca até o cheiro do perfume, todas as coisas que fazem a gente se apaixonar por alguém e descobrir nesse alguém uma pessoa por quem vale a pena se apaixonar. Tão iguais e tão diferentes ao mesmo tempo. Duas meninas, com personalidades tão distintas e com tanta coisa em comum.

O cenário, que parece tão familiar pra gente, ganha detalhes que remetem a comédias românticas americanas, com armário na escola e baile de formatura, mas sempre mantendo um elemento muito forte de brasilidade, seja nos nomes dos personagens, seja na forma como eles falam. A cidade podia ser a minha e a escola podia ser o colégio onde eu estudei no ensino médio (ainda bem que não é, meu colégio era horrível), os alunos podiam ser qualquer um da minha turma. Ou da sua. Porque eles são fáceis de identificar entre os nossos amigos.

Meu coraçãozinho de fanfiqueira pulou de felicidade com esse livro, com a representatividade sáfica que tanto falta e que eu tanto queria na literatura, com o romance amorzinho, com as personagens carismáticas. E eu preciso que mais gente se apaixone por Édra Norr.

Compre na Amazon

P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob. 😉
Comentários
0
Compartilhe

0 comentários:

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos. Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações