25 fevereiro, 2022


[Resenha] Sem Licença Para Casar - Samantha Chase

Ficha Técnica 

Título: Sem Licença Para Casar
Título Original: The Engagment Embargo
Autor: Samantha Chase
ISBN: B09H2CK7JT
Páginas: 276
Ano: 2021
Tradutor: Andréia Barboza
Editora: Bookmarks
Quatro noivados fracassados.
Um ano sem sair com ninguém.
Elliott Sullivan adora estar apaixonado, mas depois do último desastre romântico, seus amigos e familiares deram a ele um ultimato: nada de relacionamentos ou pedidos de casamento por pelo menos um ano. Decidido a não ter mais seu coração esmagado, ele concorda em abraçar a vida de solteiro. Não deve ser difícil, especialmente quando ele recruta a melhor amiga da irmã para ajudá-lo. É obvio que ele não vai se apaixonar, não importa o quanto ela seja perfeita…
Skylar sempre teve uma queda por Elliott, então quando ele pede sua ajuda para impedi-lo de se envolver com outra mulher, ela aproveita a chance. Não é a primeira vez que eles passam algum tempo juntos. O que poderia dar errado agora?
Manter essa resolução deveria ser simples, mas a proximidade de Skye faz com que Elliott comece a se perguntar se talvez a garota certa não esteve por perto esse tempo todo…

Resenha


Já faz bastante tempo que queria ler de novo um livro da Samantha Chase e não poderia deixar passar essa oportunidade quando vi Sem Licença Para Casar na Amazon.

Skylar Jennings tem uma empresa de serviços de casamentos com as melhores amigas, Josie e Leanna, a Me Encontre no Altar (que inclusive dá o nome da série a qual pertence o livro). A empresa está em seu melhor momento, mas ela, nem tanto. Isso porque o homem por quem é apaixonada desde os doze anos vai se casar com outra pessoa — e ela está organizando a cerimônia.

Elliott Sullivan é irmão de Josie e, ao contrário da irmã, ama estar apaixonado e seu sonho é casar e ter filhos. Mas, diferente das comédias românticas que adorava assistir, o seu felizes para sempre não parecia disposto a chegar. Aliás, na quarta tentativa de um relacionamento promissor, a que finalmente chegou ao altar, resultou nele cruelmente abandonado lá, na frente de todos os seus familiares e amigos. Com isso, sua família decidiu que era o momento de tomar uma decisão drástica, embargar Elliott, proibi-lo de ter qualquer relacionamento amoroso pelo próximo ano.
(…) — Ninguém precisa que alguém te complete ou te faça feliz. Você deveria estar feliz consigo mesma.
Posição 35%
Bem, preciso fazer um parênteses aqui porque, assim como Skye, eu fiquei furiosa com a família de Elliott por encurralá-lo no dia do casamento, por ter sido logo depois de ele ter sido humilhado publicamente e por terem tomado essa atitude. Ainda que eles tenham alegado que era para o bem dele (e não duvido da intenção), para que ele não se magoasse e pensasse um pouco mais em si mesmo, vivesse um pouco como solteiro e curtisse a si próprio, Elliott é um homem adulto de quase trinta anos. Se ele se joga de cabeça nos relacionamentos, qual é o problema? Ele deve estar disposto a sofrer as consequências disso. Além do que, quantas de nós não queriam um boy que se envolvesse e se comprometesse verdadeiramente em um relacionamento? Inclusive, para Skye é extremamente difícil viver próxima dele, vendo-o oferecer tudo o que ela queria e o pior, vendo-o se apaixonar por outras mulheres, mas nunca por ela, que estava ali ao lado.
— Ele não é impulsivo, nem um namorador em série. Muitas vezes ao longo dos anos, ele esteve solteiro e não fez nada quanto a isso. Ele só é um homem que ama intensamente. Isso não é crime.
Posição 43%
Depois do fiasco que foi a tentativa de casamento, e do embargo, Elliott só queria ficar sozinho, mas acabou pegando uma carona para casa com Skye, o que sinceramente o ajudou — e talvez fosse disso que ele precisasse: alguém neutro com quem conversar. Alguém que conhecesse a dinâmica da sua família, conhecesse seu histórico amoroso e também fosse um terapeuta (não que Skye pudesse de fato trabalhar com isso, por não ter terminado o curso).

A "terapia" não funcionou, mas eles passaram a fazer muitas atividades juntos para extravasar a raiva — uma vez que Elliott continuava evitando muitos familiares por causa do embargo e os amigos ainda o olhavam com pena por causa do não casamento — e, em algum momento, isso tornou-se uma amizade com benefícios. Porém, aqui entra outra questão: Elliott está decidido a não ter mais relacionamentos sérios, decidiu que será solteiro, venderá seu SUV "chato" e sua "casa de família" com quatro quartos e se mudará para um condomínio de gente solteira e vai se concentrar em seu trabalho como engenheiro de software. Pronto, está tudo resolvido em sua mente!

Claro que Skye sabia dessa resolução antes de entrar nesse caso, mas preferiu ter esse curto momento com ele do que nunca ter nada, entretanto, será que ela conseguirá realmente não se envolver? E Elliott, conseguirá manter o relacionamento casual como quer? Porque quanto mais tempo passam juntos, mais se parece um namoro.
— (…) você não deve deixar ninguém ditar como você se sente ou não. Sabe o que acontece quando você deixa as pessoas fazerem isso? Você se arrepende. E se lamenta por todas as coisas que nunca fez ou porque outros achavam que sabiam mais. Caramba, são nossos erros que nos tornam quem somos.
Posição 87%
Enquanto os capítulos passavam e Elliott finalmente conhecia Skye, eu fiquei torcendo para que ele desse um basta naquela idiotice de embargo que a família tinha imposto e que ele percebesse que "querer ser solteiro" não era o que ele realmente queria, aquele não era ele, estava apenas repetindo o discurso dos familiares. Em compensação, os avós dele são uns fofos e maravilhosos. AMEI!!!!

Outra coisa, amei Leanna, mas achei Josie muito egoísta. Lea era a única que sempre soube que Skye era apaixonada por Elliott e depois era a única a saber do caso deles e, quando Josie enfim descobriu, fez todo sentido para mim, pois só percebi que ela ficou ofendida por nunca ter sabido do sentimento da amiga pelo irmão dela e depois por ter sido deixada de lado. Para mim ela parece aquele tipo de pessoa que acredita que o mundo gira em torno dela. Posso estar enganada, mas só o livro dela poderá tirar ou não essa ideia que fiz. Espero que a Bookmarks publique os outros livros da série, pois quero muito conhecer a história dela e principalmente a de Lea, sem falar que, elas sendo amigas, certamente reverei Skye e Elliott.


P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob. 😉
Comentários
0
Compartilhe

0 comentários:

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos. Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações