05 maio, 2022


[Resenha] Uma Duquesa Audaciosa - Silvia Spadoni


Ficha Técnica 

Título: Uma Duquesa Audaciosa
Autor: Silvia Spadoni
ISBN: 978-65-5933-054-6
Páginas: 256
Ano: 2022
Editora: Charme
Lady Georgina Walker, a jovem duquesa de Kent, acaba de ficar viúva. Convencida por uma amiga, retoma suas atividades na sociedade londrina sem imaginar que uma trama, envolvendo uma aposta e o lorde mais mal afamado de Londres, começa a se desenrolar.
Thomaz Hughes, o visconde de Durnhill, um homem difícil de ser esquecido, é alguém cercado de responsabilidades e que há muito aprendeu a esconder sua verdadeira personalidade sob um manto de libertinagem. Quando uma aposta lhe abre a possibilidade de resolver seu maior problema, ele se arrisca com entusiasmo. No entanto, tudo o que parecia simples se torna complexo quando surge em seu caminho a bela e altiva Georgina, uma jovem que também esconde segredos por trás dos doces olhos azuis. E o que parecera fácil conquistar poderá, ao final, acarretar sua ruína.

Resenha


A maravilhosa Silvia Spadoni está de volta do De Tudo um Pouquinho e desta vez ela trouxe Uma Duquesa Audaciosa que realmente me conquistou desde o início (quando vocês lerem, entenderão o que estou dizendo).

Lady Georgina Walker, a jovem duquesa de Kent, acabou de ficar viúva do duque e herói de guerra Charles Walker e não poderia estar mais feliz com isso. Sim, vocês não leram errado! Assim que debutou, com dezoito anos, Georgina despertou a atenção do duque de cinquenta e dois anos e o pai dela logo providenciou o casamento da jovem mesmo contra sua vontade. Porém, além da imensa diferença de idade entre eles, o que ninguém sabia era que o duque era muito diferente da imagem de herói que transmitia para a sociedade, entre quatro paredes ele era cruel e durante todo o casamento fez com que Georgina não se sentisse uma mulher completa. O casamento não lhe deu um filho, mas o pai pelo menos negociou bem e, mesmo assim ela ficará bem e amparada ainda que o título tenha sido passado para um membro da família de Charles. O importante é que, após o período de luto, ela terá sua tão sonhada liberdade, e não abrirá mão dela tão facilmente.

Thomaz Hughes, o visconde de Durnhill, é conhecido na sociedade como um libertino, um bon vivant, mas isso não reflete sua verdadeira personalidade. O pai, Theodore, dilapidou a própria fortuna apostando e depois a da esposa, deixando-os praticamente sem recursos, mas ele está decidido a restaurar Red Oak Cottage, propriedade que era da família da mãe, aos seus tempos de glória, criando grandes cavalos que serão vencedores em Ascot e ótimos reprodutores. Acontece que ele herdou do pai o talento para o jogo e para as apostas e isso lhe serviu bastante e daí sua fama na sociedade. Mesmo tendo um título e sendo filho único, Thomaz serviu na guerra contra Napoleão, e durante esse período ele atuou como agente secreto da Coroa, período esse em que a fama foi consolidada pois lhe garantia acesso a realizar várias missões. Entretanto, com o fim da guerra, Thomaz se desligou do Gabinete de Informações, mas, uma vez agente, sempre agente: ele foi novamente convocado para uma missão onde precisaria interpretar um vilão.
— (…) Partir quando poderia tentar ficar é a única forma que tenho para demonstrar que não quero magoá-la, que vencer a aposta não é uma condição que se completa em si mesma. Você está está se tornando importante, de uma forma que eu jamais imaginei possível. Sou eu que lhe peço agora, não me magoe demais.
P. 89
Mesmo sabendo que o período de luto da amiga ainda não tinha acabado, lady Rowena Darley não se conformava em ver a amiga enclausurada em casa, afinal, jovem e linda, certamente deveria aproveitar a vida e se divertir — quem sabe até se apaixonar e se casar novamente (algo que estava anos-luz dos planos de Georgina), principalmente depois dos anos infelizes de casamento. É assim que ela convence Georgina a iniciar seu retorno à sociedade em um evento beneficente em prol das viúvas de guerra, o que nenhuma das duas imaginava, era que a duquesa seria escolhida como alvo de uma aposta.

Quando Thomaz fez uma aposta despretensiosa com Hubbold Tristan, conde de Kensey, e lorde Willian de Montefort no clube do qual eram sócios ele não imaginava a proporção que ela ganharia. Ele deveria conquistar a atenção de uma dama pela temporada inteira sem qualquer consequência negativa para ela, é claro, e em troca Tristan deveria lhe dar Eros, um cavalo magnífico que Thomaz tinha certeza de que seria uma sucesso e que precisava para recomeçar Red Oak. Mas a dama que Tristan e Willian escolheram foi ninguém menos que a inatingível duquesa de Kent. Por outro lado, lorde Cavendish, o chefe do Gabinete de Informações, também ouviu sobre a aposta por lorde Darley, que estava no clube no momento da aposta, e viu ali a oportunidade de usar um ex-agente para uma missão importante: descobrir quem vinha sabotando as provas de Ascot.
— (…) Eu concordei com essa farsa visando ao bem de terceiros. Isso não lhe dá o direito de…
— Desejá-la? Minha querida, o sentimento que destrói minha paz não guarda qualquer relação com a maldita aposta. Eu prometi que não a magoaria, mas não neguei o desejo que sinto. Ele é voraz e não me abandona um instante sequer. Eu faltaria com a verdade se o negasse. No entanto, jamais o colocarei à frente do respeito que tenho por você. Basta dizer que não sente o mesmo, e eu não voltarei a tocar no assunto, embora essa alternativa vá tornar-me o mais infeliz dos homens.
P. 124
Acontece que, no momento em que Thomaz foi informado sobre a dama que deveria conquistar, a mulher em questão ouviu a conversa e, claro, ficou indignada. Mas, para piorar, eles se encontraram em seguida, o que mostrou a ambos que sabiam do ocorrido. Assim, a missão de Thomaz se tornou ainda mais difícil, afinal, sabendo da aposta, como a duquesa seria conquista? Ou seja, como ele conseguiria o cavalo para prosseguir com a missão para a Coroa?

Quanto mais Georgina deseja se afastar do tal visconde, mais parece que ele surge em seu caminho. E o pior é que há momentos em que ele simplesmente não parece o mesmo libertino que a sociedade afirma que ele seja. Por outro lado, Thomaz também percebe que ela não é tão fria e inatingível como sua imagem transmite. A verdade é que ambos usam uma armadura, por razões diferentes, perante as pessoas.
— (…) A aposta foi o caminho que encontrei para consegui-lo. Você foi o grande e inesperado presente que ganhei. E confesso que não me arrependo nem por um segundo de ter aceitado o desafio de conquistá-la, embora deva assumir que de conquistador passei a conquistado. Não se aborreça, duquesa, você transformou o sedutor em seduzido, e aqui estou eu, a seus pés. — E, como que para enfatizar tratar-se de um chiste, uma brincadeira, Thomaz inclinou-se numa reverencia exagerada.
— Bem, talvez ser chamada de presente inesperado seja menos ofensivo do que viúva amarga — relembrou ela, rindo.
P. 190
Além do romance entre os protagonistas, Silvia nos envolve no suspense a respeito das provas de Ascot, que nos deixa curiosos para saber quem são os envolvidos no esquema, afinal, pode ser qualquer pessoa, pois os ingleses são apaixonados por cavalos e muitos deles são aficionados por apostas. Silvia também dá um vislumbre da possibilidade de um outro romance enquanto tudo isso acontece e, claro, não posso deixar de mencionar algo que me encantou desde o início, ela trouxe a singular amizade entre a duquesa e sua criada Pimble, uma jovem que está com ela antes mesmo do casamento, uma das poucas pessoas com quem a duquesa de fato abre seu coração, e ver como elas são verdadeiras uma com a outra e como a duquesa a ajuda a alcançar seus sonhos… foi de levar lágrimas aos olhos, sem dúvida.

Mais uma vez Silvia me conquistou com uma de suas histórias, com seus personagens. Mais uma vez devorei um de seus livros românticos que me deixam feliz e suspirando esperando que um de seus maravilhosos mocinhos saltem das páginas e me façam companhia. Ai, ai, Silvia, por que você faz isso comigo? Escreva o próximo, por favor! 😂😂



P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob. 😉
Comentários
0
Compartilhe

0 comentários:

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos. Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações